Banner Principal

Alimento Espiritual: Artigos e Formação

:: Canais / Espiritualidade

120 ST - A Santa missa é o gozo espiritual de Jesus conosco, a sua Igreja?

- Imprimir artigo

 

O que é a Santa Missa?
È o próprio, santo e eterno sacrifício do Calvário que ecoa até nós. É a eternização do Calvário, Mistério da Fé! E Deus sendo Todo Poderoso não podia fazer um ato Redentor preso no tempo, pois ele era Filho do Homem temporal, mas também era Deus eterno! Verdadeiro Homem e verdadeiro Deus!Fez no Calvário um ato humano temporal e divino e eterno.
 
No inicio da Missa, do altar o sacerdote traça sobre os fiéis a benção que os perdoa e fortalece na caminhada rumo a Deus, é a Benção Redentora de Cristo. É o Cristo no alto da cruz, no altar do sacrifício, clamando ao Pai, perdoai-lhes porque não sabem o que fazem.
Na Homilia, quando o sacerdote prega com inflamado zelo, com amor à Palavra e com a sua vivencia clara e transparente, as tuas mãos vibram-se em cada gesto e apontam para nós o caminho da verdade. As mãos dos sacerdotes abrem a porta do Céu para nós. Mas, se não forem honestos com Deus pode fechá-la a si mesmo.
A Consagração na Santa Missa, são as mãos sacerdotais comum poder espiritual dado na ordenação que se estendem sobre as espécies invocando o Espírito Santo. Os lábios dos sacerdotes pronunciam aquelas Palavras Misteriosas “ Tomai e Comei. Isto é o Meu Corpo ...” e as suas mãos O tocam e levantam a Hóstia com simplicidade de um camponês, mas com uma dignidade Infinita que nem aos anjos foi dada. E na consagração do Vinho ergue com as suas mãos o Cálice e pronuncia novamente as misteriosas Palavras: “Tomai e bebei este é o Cálice da Nova e Eterna Aliança que é derramado por Vós” E o Deus se submete ao homenzinho ordenado e ocorre a transubstanciação. Que mistério lindo!
 Talvez alguns dos sacerdotes num excesso de falsa humildade podem não verem, não entenderem e talvez alguns nem creiam neste profundo Mistério, mas saibam: Quando um sacerdote ergue o Cálice nos mostra a grande Humildade de Cristo que se faz presente por um ato de sua intenção e de sua fala, em voz audível e publica. Talvez esta verdadeira humildade faça os sacerdotes crerem mais no Mistério que carregam com sua Presença.
 
    
   No final da Missa, do altar traças sobre os fiéis a benção que os fortalecerão na caminhada rumo a Deus, dás a benção redentora. És o Cristo no alto da cruz, no altar do sacrifício, clamando ao Pai, perdoai-lhes porque não sabem o que fazem, és intercessor quando ergues teus braços tal qual Moisés no alto monte enquanto Josué guerreava, tua oração faz a igreja ir vencendo na luta, fortalecedor e ponte entre Deus e a Igreja Militante, és mais que isto, és o Cristo em nosso meio.

Copright 2002 - 2006. Comunidade Missionária Santíssima Trindade - Todos os direitos reservados