Banner Principal

Alimento Espiritual: Artigos e Formação

:: Canais / Espiritualidade

133 ST - Confissão: é o encontro com Jesus Misericordioso na pessoa do sacerdote

- Imprimir artigo

 

Confessar é entrar no juízo de Deus, pela Bíblia, olhar-se como no espelho, mas por dentro. “Está alguém enfermo? Chame os sacerdotes da Igreja, estes façam orações sobre ele, ungindo-o com óleo em nome do Senhor... Confessai os vossos pecados uns aos outros e orai uns pelos outros para serdes curados”. (Tiago 5,14-16). Reze um salmo de Penitência (Salmo 50 ou Salmo 31) para pedir o dom do arrependimento de seus pecados. Anote seus pecados para contar ao padre.
Retrospectiva: Procure um local e um tempo para estar a sós com Deus, sem ser interrompido para preparar-se para o encontro com Ele na Confissão. A Confissão é um encontro pessoal com Jesus Cristo Ressuscitado na pessoa do sacerdote! Coloque-se ao lado de Deus e com Ele olhe para a sua própria vida. Faça uma Retrospectiva de sua vida. Você está enfermo! Peça ajuda ao Espírito Santo para lembrar os seus pecados, as mentiras, as suas injustiças, omissões, os seus julgamentos. “E quando o Paráclito vier, convencerá o mundo a respeito do pecado, da justiça, e do juízo. Convencerá o mundo a respeito do pecado, que consiste em não crer em mim; ele o convencerá a respeito da justiça, porque eu vou para junto de meu Pai e vós já não me vereis; ele o convencerá a respeito do juízo, que consiste em que o príncipe deste mundo já está julgado e condenado” (João 16,8-11).
Para fazer uma boa preparação é necessário observar 3 elementos:
A.   Renovação das promessas do Batismo e renuncia ao demônio. Oração de Libertação do Mal e dos laços espirituais malignos. (Lev.20,6).
B.   Obstáculos que impedem de receber Perdão de Deus na Confissão. (Deut.17,12).
C.   Reconhecer que EU SOU PECADOR diante de Deus. (1Jo1, 6-10).
 
 
A.               Renovação das promessas do Batismo e renuncia ao demônio. Oração de Libertação do Mal e dos laços espirituais malignos: renunciar as causas das ligações com o Mal na nossa vida pessoal. Visite varias vezes o Santíssimo preparando-se para a Confissão. Reze um salmo de Confiança (Salmo 90 ou Salmo120) pedindo fé, confiança só em Deus. Renove as promessas do seu Batismo e renuncie a tudo o que não vem de Deus em sua vida, a tudo o que separa você de Deus, a todo lugar onde que desperdiçou sua fé; renuncie ao demônio em sua vida.
1.               Apostasia, Mau uso da Fé, Espiritismo, Benzedeiras, Ocultismo: renuncie a todas as religiões falsas que freqüentou. “Não vos dirijais aos espíritas nem aos adivinhos: não os consulteis, para que não sejais contaminados por eles. Eu sou o Senhor vosso Deus”. (Lev.19,31); “Se alguém se dirigir aos espíritas ou aos adivinhos para fornicar com eles, voltarei o meu rosto contra esse homem e o cortarei do meio de seu povo.” (Lev.20,6). Deut.18,10-14.
2.               Julgo Hereditário ou heranças espirituais de familia: Nós herdamos aspectos físicos, biológicos, psicológicos, sociais e espirituais; qualidades e defeitos; gestos, manias e taras, doenças hereditárias e heranças de pecados, pragas diabólicas ou pecado original do mesmo modo que herdamos as cores dos olhos, da pele, altura.“Porque eu, o Senhor, amo a eqüidade, e detesto o fruto da rapina; por isso vou dar-lhes fielmente sua recompensa, e concluir com eles uma aliança eterna. Sua raça tornar-se-á célebre entre as nações, e sua descendência entre os povos: todos, vendo-os, reconhecerão que são a abençoada raça do Senhor”.  Is.61,8-9. Fazer a arvore genealógica de sua família ou o genograma (ver em anexo).
3.               Maldição que recebi ou que falei (Eu x Tu): A Virgem Maria recebeu a Palavra, o Verbo Eterno, e Ele se fez carne, existiu. O FALAR e o FAZER ficaram ligados para sempre para quem crê. Em Hebraico, a mesma palavra DABAR significa tanto o dizer, como o fazer. Somos a imagem e semelhança de Deus que fala e faz. O inimigo sabe que há poder em nossas palavras. Tiago 3,9-10. Veja que em MT28,18 Jesus tinha todo o poder e Ele delegou, deu ao homem que crê, como está em Mc16,17-18. O inimigo sabe que há poder em nossas palavras e tenta nos fazer duvidar, desacreditar, ter medo ou falar maldosamente contra os outros, amaldiçoando. (Eu sou anulado ou eu anulo o outro psicologicamente) “Em verdade, vos declaro: todo o que disser a este monte: Levanta-te e lança-te ao mar, se não duvidar no seu coração,mas acreditar que sucederá tudo o que disser, obterá este milagre.” Mc.11,23. Muitos cristãos tem posto maldiçoes sobre outras pessoas, mesmo sobre pessoas de sua própria família, com palavras de sua boca. Apelidos. Pelas tuas palavras serás julgado. Mt12, 36-37. Ef.4,29.
4.               Votos íntimos e Murmuração (Eu x Eu):Na frustração ou na dor às vezes fazemos juramentos a nós mesmos, falamos movidos pelo ódio contra nós mesmos, pela revolta, pelo desgosto e esta palavra constitui o voto intimo feito a nos mesmos. Eu me anulo psicologicamente. “Não vos enganeis: de Deus não se zomba. O que o homem semeia isso mesmo colherá. Quem semeia na carne, da carne colherá a corrupção; quem semeia no Espírito, do Espírito colherá a vida eterna”. Gal.6,7 Tal juramento é endossado pelo demônio que nos espreita dia e noite, bloqueando a área psicológica relacionada com este conteúdo. “Sede sóbrios e vigiai. Vosso adversário, o demônio, anda ao redor de vós como o leão que ruge, buscando a quem devorar. 1Pe5,8. Convém lembrar: aquele que semeia pouco, pouco ceifará. Aquele que semeia em profusão, em profusão ceifará. 2Cor9,6; “Respondeu-lhes Jesus: Não murmureis entre vós”. Jô 6,43 “Nem murmureis, como murmuraram alguns deles, e foram mortos pelo exterminador”. 1Cor,10,10.
5.               Mentira vivida ou Vida mentirosa: há vários tipos de vida mentirosa ou de mentira vivida atualmente para trair Jesus Cristo. O roubo, a corrupção, a propaganda enganosa, o adultério, o homossexualismo, Onanismo (viver isolado só fantasia viciada), masturbação, sexo oral, sexo anal, a omissão, a difamação, o juramento falso, são vidas mentirosas ou mentiras vividas. E na Bíblia diz: “Vós tendes como pai o demônio e quereis fazer os desejos de vosso pai. Ele era homicida desde o principio e não permaneceu na verdade, porque a verdade não está nele. Quando diz a mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira” (João 8,44).A mentira é desvio, é diabólica e gera a morte, é anticristã. Veja em (João 14,6): “Jesus lhe respondeu: Eu sou o Caminho, a Verdade e a vida”.Ainda na Bíblia: “Por isso, renunciai a mentira. Fale cada um a seu próximo a verdade, pois somos membros uns dos outros.” (Efésios 4,25). O homossexualismo é mentira vivida. “Trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram a criatura em vez do Criador, que é bendito pelos séculos. Amem! Por isso,Deus os entregou a paixões vergonhosas: as mulheres mudaram as relações naturais em relações contra a natureza. Do mesmo modo também os homens, deixando o uso natural da mulher, arderam em desejos uns para com os outros, cometendo homens com homens a torpeza, e recebendo em seus corpos a paga devida ao seu desvario.” (Rom.1,25-27) Renuncie à Mentira vivida ou falada. A masturbação é uma mentira vivida, uma fantasia. Vive-se a ilusão que se cria, como se fossem deuses (orgulho) e repetem sempre ficando escravos da malícia e da luxuria e ainda gastam a fé crendo na imaginação que é uma realidade falsa e se afastam da verdadeira realidade. “E com sua ardente luxuria maculou a terra, adulterando-se com a pedra e com a madeira.”(Jer.3,9) Renuncie à Mentira vivida ou falada.Não furtareis, não usareis de embustes nem de mentiras uns para com os outros. Não jurareis falso em meu nome, porque profanaríeis o nome de vosso Deus. Eu sou o Senhor”.  Lev.19,11-14.Renuncie à Mentira vivida ou falada.
6.               Ódios, desamor, indiferença:Mesmo em cólera, não pequeis. Não se ponha o sol sobre o vosso ressentimento. Não deis lugar ao demônio.” (Efésios 4,26-27) “Quem odeia seu irmão é assassino. E sabeis que a vida eterna não permanece em nenhum assassino.” (1Jo.3,15).  “Mas Eu vos digo: todo aquele que se irar contra o seu irmão será castigado pelos juízes. Aquele que disser a seu irmão: Raca, será castigado pelo Grande Conselho. Aquele que lhe disser Louco, será condenado ao fogo da geena. Se estás, portanto, para fazer a tua oferta diante do altar e te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, deixa lá a tua oferta diante do altar e vai primeiro reconciliar-te com teu irmão; só então vem fazer a tua oferta. Entra em acordo sem demora com o teu adversário, enquanto estás em caminho com ele, para que não suceda que te entregue ao juiz, e o juiz te entregue ao seu ministro e sejas posto em prisão. Em verdade te digo: dali não sairás antes de teres pago o último centavo.” Mt.5,22-26. “Não odiarás o teu irmão no teu coração. Repreenderás o teu próximo para que não incorras em pecado por sua causa. Não te vingarás; não guardarás rancor contra os filhos de teu povo. Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Eu sou o Senhor”. Lev.19,17-18
7.               AS 3 Tentações de Jesus Cristo pelo Satanás (Lucas 4,3-11) contidas dentro dos 7 Pecados Capitais que abrem as portas de nossa vida ao demônio: (São 7, ver no Catecismo da Igreja Católica, e no Livro de Eclesiástico da Bíblia)
1º) Gula (Eclo. 31,12-25). Droga Mc15, 23. Bebida Lc1, 15. Ef.5,18. Na tentação de Jesus a Gula Lc.4,3-4. E Jesus dá o remédio certo no sermão da Montanha: Jejum Mt.6,16-17que cura a gula.
2º) Avareza (Eclo 10, 9-10); (Eclo 14, 3-6); (Eclo 31, 1-8). Na tentação de Jesus a Avareza Lc.4,5-7 E Jesus dá o remédio certo no sermão da Montanha: Esmola Mt.6,1-4 que cura a avareza.
3º) Soberba Vaidade ou Orgulho (Eclo. 10, 7 e 14). Na tentação de Jesus o orgulho Lc.4,8-11 E Jesus dá o remédio certo no sermão da Montanha: Oração Mt.6,5-15 que cura a vaidade.
4º) Luxuria (Eclo. 23-37). Orgia sexual. Pornografia. Sexo oral (espírito de malicia, mentira, violação do lugar sagrado). Sexo anal. Sexo a três pessoas. Homossexualismo.
5º) Ira (Eclo. 28 1-9). Mt.5,21-26.Agressão física e verbal. Vingança. Lev19,17-18.
6º) Inveja (Eclo. 14 8-10). Cobiça das coisas, do ter e do ser de outra pessoa que geram atração física, falso amor e homossexualismo.
7º) Preguiça (Eclo. 22 1-2). Tibieza. Consumismo. Narcisismo. Hedonismo. Orgulho. Ansiedade. Desanimo. Depressão.
 
B.              Obstáculos que impedem de receber o Perdão de Deus na Confissão:
O perdão aos outros, crer no sacramento da confissão, crer no sacramento da ordem, perdoar a si mesmo, não se condenar, desfazer-se das ocasiões de pecado, para não pecar mais no futuro, reparar o mal que fizemos com o pecado passado, e buscar propósitos de nova vida no futuro são requisitos necessários a uma boa confissão.
1.               Rancor, Mágoa, Ressentimento, Ódio:Perdoe todas as pessoas que lhe ofenderam, renuncie ao demônio da falta de Perdão; anote o nome de cada pessoa de quem você tem mágoa e fale para o sacerdote na Confissão. Deus ajuda a perdoar os outros para você receber o perdão Dele. “Mas, quando vos puserdes de pé para orar, perdoai, se tiverdes algum ressentimento contra alguém para que também vosso Pai do Céu vos perdoe os vossos pecados. Mas se não perdoardes, tampouco vosso Pai que está nos céus vos perdoará os vossos pecados”. (Marcos11,25-26).“Atendei ao que ouvis: Com a medida com que medirdes vos medirão a vós, e ainda se vos acrescentará” (Marcos 4,24). “Não julgueis e não sereis julgados; não condeneis e não sereis condenados; perdoai e sereis perdoados; dai e dar-se-vos-á. Colocar-vos-ão no regaço, medida boa, cheia, recalcada e transbordante, porque, com a mesma medida com que medirdes, sereis medidos vós também” (Lucas 6,37-38).
2.               Perdoe a si mesmo. Não ficar duvidando do perdão e nem permitir acusações do inimigo na cabeça. Não precisa repetir pecados já confessados. Não duvide do perdão recebido pelo sacramento da confissão e perdoe a si mesmo. Exponha a sua consciência claramente ao sacerdote e fica tranqüilo. Não escute o demônio acusador. “Eu ouvi no céu uma voz forte que dizia: Agora chegou a salvação, o poder e a realeza de nosso Deus, assim como a autoridade de seu Cristo, porque foi precipitado o acusador de nossos irmãos, que os acusava, dia e noite, diante do nosso Deus”. Apoc.12,10
3.               Crer no sacerdote. Só sacerdote pode perdoar. Se não crer no poder divino que emana do sacerdote torna-se impossível receber absolvição.“O sacerdote fará a expiação diante do Senhor por essa pessoa que pecou involuntariamente; feita a expiação, será perdoada” Num.15,28..Serão santos para o seu Deus e não profanarão o seu nome, porque oferecem ao Senhor os sacrifícios consumidos pelo fogo, o pão de seu Deus. Serão santos. Não desposarão uma mulher prostituta ou desonrada, nem uma mulher repudiada por seu marido, porque são santos para o seu Deus. Terás, pois, o sacerdote por santo, porque ele oferece o pão de teu Deus: ele será santo para ti, porque eu, o Senhor que vos santifico, sou santo.”Lev.21,6-8“Aquele que, por orgulho, recusar ouvir o sacerdote que estiver nesse tempo a serviço do Senhor, teu Deus, ou o juiz, esse homem será punido de morte. Assim tirarás o mal do meio de Israel”. Deut.17,12; Também há este assunto em Lev.19,21-22; João20,23.
4.               Destruir as ocasiões de pecado para evitá-los no futuro:É bom e sinal de arrependimentoretirar a situação que propicia o pecado na sua vida para evitar as próximas recaídas, com uma atitude séria e firme. “Se teu olho direito é para ti causa de queda, arranca-o e lança-o longe de ti, porque te é preferível perder-se um só dos teus membros, a que o teu corpo todo seja lançado na geena. E se tua mão direita é para ti causa de queda, corta-a e lança-a longe de ti, porque te é preferível perder-se um só dos teus membros, a que o teu corpo inteiro seja atirado na geena.” Mt.5,29-30
5.                Propor ao sacerdote a Reparação de seus pecados passados: A reparação é o gesto concreto de arrependimento de seus pecados. Alem de falar estou arrependida é necessário fazer um gesto concreto de arrependimento. Combine com Jesus Cristo o que você vai propor ao sacerdote, em sinal de arrependimento, para a reparação de seus erros através de gestos concretos. “Zaqueu, entretanto, de pé diante do Senhor, disse-lhe: ‘Senhor, vou dar a metade dos meus bens aos pobres e, se tiver defraudado alguém, restituirei o quádruplo! Disse-lhe Jesus: Hoje entrou a Salvação nesta casa’” (Lc 19, 8-9a)
6.               .Fazer Propósitos de mudança no Futuro: A confissão pressupõe uma tomada de decisão de diante do futuro, uma mudança de atitude, novos rumos iluminados por Deus.Os Propósitos são atitudes concretas no futuro em face da ocasião ou situação de pecado que possa novamente ocorrer e a nova atitude a luz da Bíblia, como arrependimento de seus pecados. Coloque-se diante da Cruz de Jesus Cristo e olhe como Ele ama você!... Fale para Jesus do seu futuro, como você vai mudar a sua vida, quais as suas intenções, os seus propósitos, fala dos seus projetos de santidade após esta faxina e encontro profundo com Jesus na Confissão. ”Disse-lhe então Jesus: ‘Nem eu te condeno. Vai e não tornes a pecar’” (João 8,11).
7.               Escolher qual sacerdote você quer e reze por ele: . “Confessai os vossos pecados uns aos outros e orai uns pelos outros para serdes curados” (Tiago 5, 14-16). Não tenha vergonha do padre, porque ele também é pecador e precisa de confissão. Mas, considera-o santo. Reze para o padre, para que Deus o faça ungido nessa Confissão a fim de lhe dar Suas orientações eficazes para a sua vida. “Vendo a fé que tinham disse Jesus: ‘Meus amigos, os teus pecados te são perdoados’. Então os escribas e os fariseus começaram a pensar e a dizer consigo mesmo: ‘Quem é este homem que profere blasfêmias? Quem pode perdoar pecados senão unicamente Deus’? Jesus, porém, penetrando nos seus pensamentos, replicou-lhes: ‘Que pensais nos vossos corações? Que é mais fácil, dizer: Perdoados te são os pecados? Ou dizer: Levanta-te e anda? Ora, para que saibais que o Filho do Homem tem na terra poder de perdoar pecados (disse ao paralítico): Eu te ordeno, levanta-te, toma o teu leito e vai para a tua casa’” (Lucas 5, 20-24). Jesus Cristo, Deus e o Filho do Homem, deu este poder aos sacerdotes que agem na pessoa de Cristo.
 
C.              Reconhecer que EU SOU PECADOR diante de Deus: “Se dizemos ter comunhão com ele, mas andamos nas trevas, mentimos e não seguimos a verdade. Se, porém, andamos na luz como ele mesmo está na luz, temos comunhão recíproca uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo pecado. Se dizemos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e a verdade não está em nós. Se reconhecemos os nossos pecados, (Deus aí está) fiel e justo para nos perdoar os pecados e para nos purificar de toda iniqüidade. Se pensamos não ter pecado, nós o declaramos mentiroso e a sua palavra não está em nós.” (1Jo1, 6-10).
1.               Pecados contra os Mandamentos da Lei de Deus: Recorde, agora, os mandamentos de Deus. Veja o seu passado desde que nasceu até hoje, contra quais mandamentos você cometeu pecado. (os mandamentos de Deus são 10, ver no Catecismo da Igreja Católica e na Bíblia Sagrada).
1º) Amar a Deus sobre todas as coisas. (Lc10, 27; Mt 22,36-38; Mc 12,29-33; Ex.20,1-6; Deut. 5, 6-10; Deut 6,4-7).
2º) Não tomar seu Santo Nome em vão. (Ex.20,7; Lev19,12; Deut. 5,11).
3º) Guardar Domingos e festas. (Ex.20,8-11; Deut. 5,12-15; Mateus 12, 8; João 20,1).
4º) Honrar pai e mãe. (Ex.20,12; Deut. 5,16; Lev.20,9; Eclo. 3,1-16; Ef. 6, 2-3).
5º) Não matar. Aborto. (Ex.20,13; Deut. 5,17; Gen.4,10-11;1 João 3,15; Mt.5,21-26).
6º) Não pecar contra a castidade. (Ex.20,14; Mt.5,27-30; Lev.20,10; Deut.5,18; Lev.18,20; Mt.5,31-32)
7º) Não furtar. (Ex.20,15; Deut. 5,19; Lev19, 11)
8º) Não levantar falso testemunho. (Ex.20,16; Deut. 5,20)
9º) Não desejar a mulher do próximo. (Ex.20,17; Deut. 5,21)
10º) Não cobiçar as coisas alheias. (Ex.20,17; Deut. 5,21)
2.               Pecados contra os Mandamentos da Lei da Igreja:Recorde, os mandamentos da Igreja. Veja o seu passado desde que nasceu até hoje, se você traiu a Igreja que Jesus Cristo fez. “Não abandonemos a nossa assembléia, como é costume de alguns, mas admoestemo-nos mutuamente, e tanto mais quando vedes aproximar-se o Grande Dia. Depois de termos recebido e conhecido a verdade, se a abandonarmos voluntariamente, já não haverá sacrifício para expiar este pecado.” Hebreus 10,25-26. Contra quais mandamentos você cometeu pecado. (os mandamentos da Igreja são 5, ver no Catecismo da Igreja Católica e na Bíblia)
1º) Missa inteira nos domingos, festas de guarda. (Lc. 22,14-20;Atos2,42;1Cor.11, 23-24).
2º) Confessar-se ao menos uma vez cada ano (Tiago 5, 15-16; Num.15,28).
3º) Comungar ao menos pela Páscoa da Ressurreição (Lc. 22, 8 - 20).
4º) Jejuar e abster-se de carne quando manda a Santa Madre Igreja e fazer penitência todas as 6ªfeiras (Lucas 21,34-36).
5º) Pagar Dízimos segundo o costume (Malaquias 3, 8-10).
3.               Injustiças:Não cometereis injustiça nos juízos, nem na vara, nem no peso, nem na medida. Tereis balanças justas, pesos justos, um efá justo, um hin justo. Eu sou o Senhor Vosso Deus que vos tirei do Egito. Lev19,35-36. Como está escrito: Espalhou, deu aos pobres, a sua justiça subsiste para sempre (Sl 111,9) e 2 Cor9,9 Mt25,41-46.”Dá ao que te pede e não voltes as costas ao que te pede emprestado” Mt.5,38-42.
4.               Omissões: A Omissão é uma falta de convicção verdadeira “Tens uma convicção; guarda-a para ti mesmo, diante de Deus. Feliz é aquele que não se condena a si mesmo no ato a que se decide. Mas, aquele que come apesar de suas dúvidas, condena-se, por não se guiar pela convicção. Tudo o que não procede da convicção é pecado.” Rom14,22-23. Alem de ser também mentira vivida e traição, morte psicológica a si mesmo: Tudo o que você não denuncia você consente contrariando a si mesmo. “Dizei somente: Sim, se é sim; não, se é não. Tudo o que passa, além disto, vem do Maligno” (Mateus 5,37).
5.               Julgamentos:Assim, és inescusável, ó homem, quem quer que sejas, que te arvoras em juiz. Naquilo que julgas a outrem, a ti mesmo te condenas; pois tu, que julgas, fazes as mesmas coisas que eles. Ora, sabemos que o juízo de Deus contra aqueles que fazem tais coisas corresponde à verdade. Tu, ó homem, que julgas os que praticam tais coisas, mas as cometes também, pensas que escaparás ao juízo de Deus?”  Rom2,1-3. Não sereis injustos em vossos juízos: não favorecerás o pobre nem terás complacência com o grande; mas segundo a justiça julgarás o teu próximo. Não semearás a difamação no meio de teu povo, nem te apresentarás como testemunha contra a vida do teu próximo. Eu sou o Senhor. Lev.19,15-16.
6.               Pecados contra o Amor “Deus é Amor” (1Jo. 4,8): “Também estes lhe perguntarão: Senhor, quando foi que te vimos com fome, com sede, peregrino, nu, enfermo, ou na prisão, e não te socorremos? E Jesus responderá: Em verdade, eu vos declaro: todas as vezes que deixaste de fazer isso a um destes pequeninos, foi a Mim que o deixastes de fazer.” (Mt. 25,44-45).
a)           Deixar de fazer as Obras de Misericórdia Corporais. (Mt. 25,35-40).
1º) Dar de comer a quem tem fome. (Mt.25,35 e37 e 40)
2º) Dar de beber a quem tem sede. (Mt. 25,35 e37 e 40)
3º) Vestir os nus. (Mt. 25,36).
4º) Dar pousada aos peregrinos (Mt. 25,38 e 40); (Heb.13,1-2)
5º) Visitar os enfermos e encarcerados. (Mt. 25,36 e39 e40) (Heb.13,3)
6º) Remir os cativos. (Mt. 25,36 e 39 e 40)
7º) Enterrar os mortos. (Tob.1,20)
b)           Deixar de fazer as Obras de Misericórdia Espirituais. (1Pedro 4,8-10).
1º) Dar bom conselho.
2º) Ensinar os ignorantes.
3º) Corrigir os que erram.
4º) Consolar os aflitos.
5º) Perdoar as injúrias.
6º) Sofrer com paciência as franquezas do próximo.
7º) Rogar a Deus pelos vivos e defuntos.
7.               Como está a sua convivência com o Espírito Santo? Somos o templo do Espírito Santo. Como Ele está em nós? Como hospedamos o Espírito Santo? Reconheça a verdade da situação do Espírito Santo em sua vida e comece a destruir os obstáculos que estão impedindo que você tenha uma vida plena com Deus, neste sacramento da Confissão! De acordo com a Bíblia, há 4 possibilidades de atuação do Espírito Santo dentro de você:
· Extinguindo o Espírito Santo: 1Tessal.5, 19-22“Não extingais o Espírito, não desprezeis as profecias. Examinai tudo, abraçai o que é bom. Guardai-vos de toda a espécie de mal”.
·  Resistindo ao Espírito Santo: Atos dos Apóstolos 7, 51 “Homens de dura cerviz, e de corações e de ouvidos incircuncisos! Vós sempre resistis ao Espírito Santo. Como procedeu os vossos pais, assim procedeis vós também!”
·  Entristecendo o Espírito Santo: Efésios 4, 30 “Não contristeis o Espírito Santo de Deus com o qual estais selados para o dia da redenção”. (a volta gloriosa de Jesus).
·  Enchendo-se do Espírito Santo: Efésios 5, 18-20 “Não vos embriagueis com o vinho, que é uma fonte de devassidão, mas enchei-vos do Espírito. Recitai entre vós salmos, hinos e cânticos espirituais. Cantai e celebrai de todo coração os louvores do Senhor. Rendei graças sem cessar e por todas as coisas, a Deus Pai em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo!”
 
No momento do Sacramento da Confissão: Jesus Cristo Ressuscitado vai ouvir e falar com você através do sacerdote. Você pode chamar o padre de Jesus Cristo, naquele momento.
Durante a Confissão, você fala quanto tempo faz que não se confessa, denuncia todos os seus pecados, e manifesta a sua reparação e o seu propósito de mudança de vida.
Depois você reza o Ato de Contrição e vai ouvir a oração do sacerdote por você. Enquanto o sacerdote faz o sinal da cruz diante de você e fala as Palavras Oficiais da Absolvição em nome da Igreja, Jesus Cristo morre na Cruz por seus pecados e exclusivamente só para você naquele instante.
Aprende a rezar o Ato de Contrição:Senhor, eu me arrependo sinceramente de todo mal que pratiquei e do bem que deixei de fazer. Pecando, eu vos ofendi, meu Deus, meu sumo Bem, digno de ser amado sobre todas as coisas. Prometo firmemente, ajudado por Vossa graça, fazer penitência, não mais pecar e fugir às ocasiões de pecado. Senhor tende piedade de mim pelos méritos da paixão de nosso Salvador, Jesus Cristo. Amém!”
Nesta Confissão vai nascer a Salvação para você! Você terá vida nova. Vai nascer uma Pessoa Nova RESSUSCITADA! Você pode viver este versículo da Bíblia: Eu vivo, mas já não sou eu; é Cristo que vive em mim. A minha vida presente, na carne, eu a vivo na fé no Filho de Deus, que me amou e se entregou por mim”. Gal.2,20
Boa Confissão! Feliz Ressurreição!
Juracy Villares.

Juracy Villares

Copright 2002 - 2006. Comunidade Missionária Santíssima Trindade - Todos os direitos reservados