Banner Principal

Alimento Espiritual: Artigos e Formação

:: Canais / Ser Igreja

Somos, juntos, a namorada de Cristo! 1Cor.16,23

- Imprimir artigo

Ah ! . . . Como quero amar Jesus ! . . .
Do livro: “Vocação: uma vida encantada com Deus!” de Juracy Villares
 

Se alguém não ama o Senhor, seja anátema. (maldito). “Maranathá”. Vinde, Senhor Jesus ! 1Cor 16, 23. Que palavra dura!... E precisava deste versículo na Bíblia para os cristãos?....
Nós não temos a unidade em amor na Igreja, nem testemunhamos esta unidade na Renovação Carismática Católica. e quebramos, dividimos o Corpo de Cristo!
Ele quer a unidade na diversidade. Ele quer uma Igreja unida com varias tonalidades e identidades como uma colcha de retalhos. E graças a Deus, a eclesiologia Latino-americana é assim, mista, sem excluir pessoa alguma que tenha o mesmo Senhor Jesus Cristo como Senhor.
A unidade depende de uma autoridade única, ungida e de um princípio de obediência vivido. A unidade acontece quando há uma única autoridade de unção e todos obedecem realmente. Tudo o que nos divide é “diabolo”, divisor. A Igreja se atrapalhou muito com a unidade por seguir uma eclesiologia européia uniforme que não permite a diversidade amigável sintonizada.
Nenhuma namorada termina o namoro só pelo nariz do noivo quebrado ou por seus cabelos crespos. Estes padres, meio atrapalhados, são só o nariz do Corpo Místico! Às vezes excluímos a pessoa do irmão, rompemos com a unidade e nem desconfiamos que estamos deixando de amar a Jesus com esta atitude.
Quem ama a Jesus, ama e se une a todos de seu Corpo Místico e sempre acha um jeito de rezar juntos, fazer coisas juntos, respeitando ao irmão. O testemunho de ser de Jesus e ama-lo é sermos juntos em uma mesma sintonia. É voz do demônio do individualismo em nossos dias: “Cada um para si e Deus para todos”. Ou “Temos a nossa espiritualidade e não podemos misturar com vocês carismáticos”. Será que até dentro da Renovação Carismática Católica não fazemos isto e dividimos em nome de nossa espiritualidade?... Jesus disse: “Para que todos sejam um, assim como Tu, Pai, estás em Mim e Eu em Ti, para que também eles estejam em nós e o mundo creia que tu me enviaste. Dei-lhes a glória que me deste, para que sejam um, como nós, somos um”. ( Jo. 17, 21-22).
Ao receber a comunhão, ouvimos: Corpo de Cristo! Respondemos: Amém! A hóstia é o Corpo de Cristo! Cada um de nós também é o Corpo de Cristo. Esquecemos isto quando descartamos o irmão, após o julgamento!... É que nós julgamos o irmão, que é Corpo de Cristo!... Assim, perdemos de amar Jesus no julgamento do irmão e na sua exclusão e nos tornamos malditos carrascos do Corpo de Cristo. Abortamos o irmão e nem desconfiamos que abortamos o próprio Jesus com o nosso desamor. “Assim, é inescusável, ó homem, quem quer que sejas, que te arvores em juiz. Naquilo que julgas a outrem, a ti mesmo te condenas; pois tu, que julgas, fazes as mesmas coisas que ele”.(Rom. 2,1) “Então ele se ergueu e vendo ali apenas uma mulher, perguntou-lhe: Mulher, onde estão os que te acusavam? Ninguém te condenou? Nem eu te condeno. Vai e não tornes a pecar. (Jo. 8,1-10)”..
Nós precisamos dar a Jesus Cristo o presente de um testemunho de Igreja unida em sua diversidade respeitada, para ter condição de evangelizar melhor e o mundo crer em Jesus porque vê o Amor reinar! E assim Jesus Cristo é amado.
Se alguém não ama o Senhor, seja anátema. (maldito). “Maranathá”. Vinde, Senhor Jesus! 1Cor 16, 23.

Juracy Villares

Comunidade Missionária Santíssima Trindade

Copright 2002 - 2006. Comunidade Missionária Santíssima Trindade - Todos os direitos reservados