Banner Principal

Alimento Espiritual: Artigos e Formação

:: Canais / Sacerdotes

Brasil, o Big Brother verdadeiro é Jesus Cristo!

- Imprimir artigo

Jesus Cristo é o Grande, o Big!
Jesus Cristo é o Irmão, o Brother! “Disse-lhe Jesus Cristo: Não me retenhas, porque ainda não subi a meu Pai, mas a meus irmãos e dize-lhes: Subo para o meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus”.João 20,17.
Big Brother é o irmão mais velho, o primogênito!
O primogênito entre os homens é Jesus Cristo! Veja em Colossenses 1,15-23:
Eminência de Cristo: Ele é a imagem de Deus invisível, o Primogênito de toda a criação. Nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as criaturas visíveis e as invisíveis. Tronos, dominações, principados e potestades: tudo foi criado por ele e para ele.Ele existe antes de todas as coisas e todas as coisas subsistem nele. Ele é a cabeça do corpo, da Igreja. Ele é o Princípio, o Primogênito dentre os mortos e por isso tem o primeiro lugar em todas as coisas. Porque aprouve a Deus fazer habitar nele toda a plenitude e por seu intermédio reconciliar consigo todas as criaturas, por intermédio daquele que ao preço do próprio sangue na cruz, restabeleceu a paz a tudo quanto existe na terra e nos céus. Há bem pouco tempo,sendo vós alheios a Deus e inimigos pelos vossos pensamentos e obras más, eis que agora ele vos reconciliou pela morte de seu corpo humano, para que vos possais apresentar santos, imaculados, irrepreensíveis os olhos do Pai.  Para isto, é necessário que permaneçais fundados e firmes na fé, inabaláveis na esperança do Evangelho que ouvistes, que foi pregado a toda criatura que há debaixo do céu, e do qual eu, Paulo, fui constituído ministro. 
 
O programa de TV Big Brother Brasil entra em nossos lares e sorrateiramente destroe, numa linguagem quase subliminar, todos os nossos valores cristãos. Eu não vejo os cristãos denunciarem, nem reclamarem. Já está no 2° Programa de BIG BROTHER!
Ouço o silencio da ausência da indignação da Igreja, percebo a indiferença generalizada, vejo os aplausos para o programa, e, até cristãos participando sem consciência ou senso crítico.
Jesus Cristo é rejeitado ao escutar o silencio da ausência da indignação da Igreja. Ele percebe a indiferença generalizada, vê os aplausos para o programa, e até cristãos participando sem consciência do assunto.
É duro sofrer calunias, maledicências, ser mal falada em sua cidade?Jesus Cristo está mal falado na TV para todas as pessoas, em todas as cidades.
Você já se imaginou vendo falarem tudo ao contrario, tudo errado, os valores que você cuidadosamente ensinou aos seus filhos, aos seus mais queridos?Você já pensou que por estes valores comunitários Jesus Cristo até chegou a dar a sua vida na cruz?Ele foi pregado na cruz!
Hoje vemos estes mesmos valores comunitários, evangélicos, de família, sendo destroçados por este programa Big Brother Brasil e ainda usando a pessoa e as características de Jesus Cristo. E Ético?
Vamos avaliar certos paradigmas evangélicos sendo quebrados um a um sutilmente. Compare comigo como alguns parâmetros do Evangelho são usados neste programa com sentido oposto ao do Evangelho, traindo seu significado:
Jesus Cristo Ressuscitou, enviando o Espírito Santo formou com os 12 apóstolos  uma comunidade baseada no amor. O programa Big Brother Brasil tem 12 participantes no inicio, formando uma falsa comunidade baseada em coabitar o mesmo teto, para ganhar premio em dinheiro. (R$500.000,00). “Aqueles que ambicionam tornar-se ricos caem nas armadilhas do demônio e em muitos desejos insensatos e nocivos, que precipitam os homens no abismo da ruína e perdição. Porque a raiz de todos os males é o amor ao dinheiro. Acossados pela cobiça, alguns se desviaram da fé e se enredaram em muitas aflições.” 1Timoteo. 6, 9-10
Jesus Cristo fez comunidade cujo eixo é o Amor. O Espírito Santo move as pessoas para amar e cooperar com todos, para incluir todas as pessoas no seu corpo místico e proclamar a vitória do amor. O programa Big Brother faz falsa comunidade cujo eixo é o Dinheiro. O “ter o premio” move as pessoas para disputar, competir, julgar e a excluir pessoas pelo $ Dinheiro e proclamar a vitória do egoísmo, do Eu, do Deus-Dinheiro. “Nada há mais iníquo do que o amor ao dinheiro; aquele que o ama chega até a vender sua alma. Vivo ainda, despojou-se de suas próprias entranhas”. Eclo10, 10.
Jesus Cristo nos ensina ter em frente a nós o Reino dos Céus, como uma meta, uma perspectiva a seguir. O programa Big Brother coloca um Céu atrás. Dar as costas para o Céu é pegar a estrada errada, priorizar o inferno e seus valores. E deixar para traz o céu, é ir no caminho oposto.
O único que nos vê sem privacidade sempre é a Santíssima Trindade, o Deus Trino Onisciente, Onipresente e Onipotente. Só o Divino, só o Santo tem este direito. Só Deus pode julgar. No programa Big Brother o Mundo é o Deus que vê sem privacidade e ainda pode julgar.
Jesus Cristo se encontra conosco no Confissionario através da pessoa do sacerdote para nos perdoar, para nos amar com Misericórdia. Em arrependimento, entramos no Justo Juízo de Deus, denunciamos os nossos pecados e assim eles são deletados de nossa vida, diante de Deus. O programa Big Brother fez um Confissionario onde se encontra com um homem Beal para acusar os outros e excluir as pessoas com injustiças, em nome do egoísmo, de ficar com o Dinheiro do Premio. “Não julgueis, e não sereis julgados; não condeneis e não sereis condenados; perdoai e sereis perdoados”; Lucas 6,37.
Jesus Cristo nos deixou como alimento o Pão Eucarístico gratuitamente mediante uma respeitosa pureza de alma. É a sua própria carne que se tornou nosso alimento. No programa Big Brother era necessário ter tarefas cumpridas para ter direito ao alimento. E de graça, caso não fizessem a tarefa, só tinha carne seca.
Jesus Cristo ensinou o Amor compromissado e expressado na manifestação sexual selando a fidelidade conjugal comum ser humano, com os filhos. O programa Big Brother deixa livre a sexualidade sem o compromisso do amor, sem doação, sem fidelidade, sem filhos.
Jesus Cristo deixou-nos a noção de Família: Pai/Mãe/Filhos. Viveu a maior parte de sua vida na terra dentro da família. E ainda conferiu dignidade à família com uma promessa de que todos os que fizessem a Vontade do Pai seriam sua própria família. “Jesus respondeu-lhe: Eis aqui minha mãe e meus irmãos. Todo aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos Céus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe”. Mateus 12,48-50. O programa Big Brother aboliu o conceito de Família para uma convivência sem compromisso, sem passado, sem futuro, onde vale tudo, pois tudo é passageiro e relativo. É a ironia da eternidade.
O programa de televisão é livre para escolher seus critérios e filosofia de trabalho. Mas não pode usar o nome, as características, nem a pessoa de Jesus Cristo, o verdadeiro primogênito. Nem aqui no Brasil, nem na Inglaterra. É anti-Ético.
Fica aqui o meu protesto e o meu pedido para que a autoridade da Igreja Católica Apostólica Romana possa se pronunciar diante desta ofensa a Jesus Cristo. Peço em meu nome como Católica, Cristã leiga, mãe de 3 jovens, Psicóloga Clinica e Psicóloga do Trabalho.

Juracy Villares

Comunidade Missionária Santíssima Trindade

Copright 2002 - 2006. Comunidade Missionária Santíssima Trindade - Todos os direitos reservados