Banner Principal

Alimento Espiritual: Artigos e Formação

:: Canais / Religiosos e Consagrados

Matrimônio Espiritual em Santa Teresa de Jesus

- Imprimir artigo

Queridas Filhas de Santa Teresa! Obrigada pela oportunidade de recordar com vocês nossa mãe espiritual.
 A maior graça que recebemos neste  mundo é casar com Jesus Cristo !
 Pelo Sacramento do Batismo somos Filhos de Deus. Há um só Senhor, uma só fé, um só batismo. Há um só Deus e pai de todos, que atua acima de todos, por todos e em todos. (Efesios 4 ,5-6 ).
 Pelo Sacramento da Crisma somos Igreja. E é como Igreja, que podemos assumir um matrimônio espiritual com Jesus Cristo, conforme está escrito em (Efesios 5, 22-32).
 Santa Teresa descobriu isto e diz no seu livro das Moradas: "Que Sua Majestade celebre com a nossa alma o matrimônio espiritual.” (7 M 1,2).  “ A finalidade do matrimônio espiritual é que dele nasçam obras, sempre obras.” (7 M 4,6).
 As religiosas se preparam em diversas etapas para este casamento com Jesus nos seus votos perpétuos: aspirantado, postulantado, noviciado, juniorato. É necessário crescer na vida de oração para vivenciar este casamento plenamente. E hoje a Ir. Marina  está aqui para fazer os votos perpétuos.
 Mas, onde está o Noivo?...Será que está  faltando o noivo?...Não!.. Ele está dentro dela!
              Santa Teresa diz que: “A nossa alma é como um castelo, feito de um só diamante ou de limpíssimo cristal. Neste castelo existem muitos aposentos, assim como no céu há muitas moradas.” (1M 1,1). “No centro, no meio de todas as salas está a principal (onde Deus habita) e onde se passam as coisas mais secretas entre Deus e a alma.”(1M 1,3).  “Quando  Sua Majestade o Rei Jesus Cristo concede a graça do divino matrimônio, primeiro introduz a alma nesta morada, onde Ele habita.” (7M1, 5). “A porta para entrar neste castelo é a oração."(1 M1,7).  Você está convidada à procurar o Rei, a começar a orar.
             Mas olhe, esta graça de hoje não é automática, depende muito do Sim de Ir. Marina. Por isso, orem por ela.  Apresento à Sua Majestade, o Rei Jesus Cristo, a sua noiva Ir. Marina Paiva e peço a graça de não só celebrarmos os votos perpétuos, mas que ela entre nas Sétimas Moradas, no Matrimônio Espiritual como sua mãe Santa Teresa.

 Hoje, nestes votos perpétuos da Irmã Marina de Paiva, eu me consagro à Deus, como Igreja, para ser esposa de Jesus Cristo um dia

Juracy Villares

Comunidade Missionária Santíssima Trindade

Copright 2002 - 2006. Comunidade Missionária Santíssima Trindade - Todos os direitos reservados