Banner Principal

Alimento Espiritual: Artigos e Formação

:: Canais / Espiritualidade

Ouvir e ver nos assuntos de Deus! Saber Ouvir!

- Imprimir artigo

08/09/2003 – Festa do aniversário de Nossa Senhora!
Palestra proferida no Retiro Nacional do Clero da R.C.C. em  São José dos Campos, no dia 9/09/2003, para 80 sacerdotes.   Juracy Villares.
 
Jesus alertava bem as pessoas. E dizia: “Quem tem ouvidos para ouvir, ouça!” Mc.4, 9. E logo mais adiante, na mesma pagina, vemos que ele insiste com a mesma palavra de ordem: “Se alguém tem ouvidos para ouvir, que ouça!” Mc.4,23. Ouvir é tão importante assim?...Jesus, nós estamos no séc. XXI, na era do visual, da visão, da TV, (televisão), do vídeo cassete, do DVD, da Internet. Em Deut. 6,4-9 diz: “Ouve, ó Israel”. O que significa ouvir para o senhor? Vou procurar na Bíblia, pois ela contem todos os pensamentos, os conceitos, os critérios, os sentimentos os projetos de Jesus. Enfim, ali está toda a sua vida espiritual e psíquica de Jesus Cristo.
“Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. Porém, como invocarão aquele em quem não tem fé? E como crerão naquele de quem não ouviram falar? E como ouvirão falar se não houver quem pregue? E como pregarão, se não forem enviados, como está escrito: Quão formosos são os pés daqueles que anunciam as boas novas? Mas, não são todos que prestaram ouvido à boa nova. É o que exclama Isaias: Senhor, quem acreditou na nossa pregação (Is.53,1)? Logo, a Fé vem da pregação e a pregação se exerce em razão da Palavra de Cristo. Pergunto, agora: Acaso não ouviram? Claro que sim! Por toda a terra correu a sua voz, e até os confins do mundo foram as suas Palavras. Rom.10, 13-18.  A Fé antecede a oração. A Fé entra pelos ouvidos através da pregação da Palavra de Deus e suscita em nós uma atitude de confiança, de dialogo com Deus, de resposta ao apelo de Deus.
“Mas o Senhor disse: Não te deixes impressionar pelo seu belo aspecto, nem pela sua alta estatura, porque eu o rejeitei. O que o homem vê não é o que importa: o homem vê a face, mas o senhor olha o coração”. 1Sam. 16, 7. O  Senhor prepara o seu discípulo para escutá-lo com o coração. “O Senhor deu-me a língua de um discípulo para que eu saiba reconfortar pela palavra o que está abatido. Cada manhã Ele desperta meus ouvidos para que eu escute como discípulo; (o Senhor abriu-me o ouvido) e eu não relutei, não me esquivei”.Is. 50, 4-5.
  • Imagine a Nossa Senhora com o menino Jesus no colo e constatava com seus olhos que ele era o seu filho, nascido de seu ventre, mas também se recordava da palavra do anjo Gabriel que com seus ouvidos guardava em seu coração, que aquele mesmo menino era o Filho de Deus Altíssimo. “Eis que conceberás e darás á luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus. Ele será grande e chamar-se-á Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi; e reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim”. Lc. 1,31-33
  •  “Antes de coabitarem, aconteceu que ela concebeu por virtude do Espírito Santo. José, seu esposo, que era homem de bem, não querendo difamá-la, resolveu rejeita-la secretamente”. Mt.1,18-19. São José viu a sua noiva Nossa Senhora grávida e sabia que não era o responsável disto. “Enquanto assim pensava, eis que um anjo do Senhor lhe apareceu em sonhos e lhe disse: “José, filho de Davi, não temas receber Maria por esposa, pois o que nela foi concebido vem do Espírito Santo”” Mt.1,20. Ele escolheu acolher a realidade que ouviu do anjo, em sonhos, que o Espírito Santo foi o responsável.
  • No Calvário Nossa Senhora via silenciosamente o seu filho morrer na cruz, crucificado entre dois ladrões. E também ouvia ressoar dentro de si mesma, pela fé, a palavra dita pelo anjo há 33 anos, dando-lhe forças: “Ele será grande e chamar-se-á Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi; e reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim”. Lc. 1,32-33
  • “Surdos, ouvi, cegos, olhai e vede! Quem é cego, senão meu servo, e surdo como o mensageiro que envio? Quem é cego como o meu mensageiro e surdo como o servo do Senhor? Vistes muitas coisas sem lhes dar atenção, tivestes os ouvidos abertos sem escutar”. Is.42, 18-20.
  • E nós, como estamos acolhendo as verdades que ouvimos? O que guia as nossas atitudes? Nós somos levados por nossa visão ou por nossa escuta?
  • Em cada Pentecostes que sempre acontece na Igreja, se vermos de longe, na aparência: são pessoas alegres e ruidosas falando de modo ininteligível, parecendo loucas ou embriagadas.  “Outros, porem, escarnecendo, diziam:  “Estão todos embriagados de vinho doce”. At. 2,13. Mas, se compreendermos o sentido e o conteúdo da reunião toda,  ouvirmos cada oração, com a unção, a interpretação e a confirmação bíblica correspondente, descobriremos que estão falando da parte do Espírito Santo usando 4 ou 5 pessoas de modos diferentes numa sintonia que só tem quem se une no amor e escuta Deus. “Ficaram todos cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.” At. 2,4.
  • Nós vemos um livro que se chama Bíblia. Mas ouvimos que é a palavra de Deus. É a Sagrada Escritura, que o Espírito Santo escreveu. “Antes de tudo, sabei que nenhuma profecia da Escritura é de interpretação pessoal. Porque jamais uma profecia foi proferida por efeito de uma vontade humana. Homens inspirados pelo Espírito Santo falaram da parte de Deus”. 2 Pe.1,20-21
  • Na adoração ao Santíssimo Sacramento, vemos no altar no ostensório uma rodinha branca pequenina feita de farinha de trigo. É pão. É Hóstia. Mas, ouvimos várias vezes que é o Corpo e Sangue de Jesus Cristo, é a sua carne. “Este é o pão que desceu do céu, para que não morra todo aquele que dele comer. Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão, que eu hei de dar, é a minha carne para a salvação do mundo”. Jo. 6,50-51.
  • Nós vemos um homem que se diz sacerdote. Às vezes sem aparência respeitosa, velho, sem muito testemunho de santidade, inseguro, jovem, sem saber ser pai.  Mas, o sacerdote é o enviado de Deus e ouvimos de Jesus: “Em verdade, em verdade vos digo: quem recebe aquele que eu enviei recebe a mim; e quem me recebe, recebe aquele que me enviou”. Jo. 13,20.
“Por que despender vosso dinheiro que não alimenta, e o produto de vosso trabalho naquilo que não sacia? Se me ouvis, comereis excelentes manjares, uma suculenta comida fará vossas delicias. Prestai-me atenção, e vinde a mim; escutai, e vossa alma viverá: quero concluir convosco uma eterna aliança, outogando-vos os favores prometidos a Davi”. Is. 55,2-3.
Queridos sacerdotes como está o seu Ministério, quanto ao uso de seus ouvidos e de seus olhos? O senhor padre tem tempo de ouvir Deus? O senhor ouve a voz de Deus para que as suas ovelhas também possam reconhecer a sua voz nas homilias  e segui- Lo, como está em Jo10, 3-5 e 14-16.

Juracy Villares

Comunidade Missionária Santíssima Trindade

Copright 2002 - 2006. Comunidade Missionária Santíssima Trindade - Todos os direitos reservados